Evolução do Surf

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Evolução do Surf

Mensagem  juice em Qui Jan 10, 2008 9:24 pm

*Evolução do Surf


A evolução deste desporto ou arte está intimamente relacionado com a evolução das pranchas.
Após a 1ªguerra mundial sentiu-se necessidade de aligeirar as pesadas pranchas utilizadas até então.

Tom Blake surfista e designer de pranchas efectuou centenas de furos numa prancha de madeira vermelha para a tornar mais côncava em 1928 em corona Del Mar Califórnia.
Esta prancha rapidamente se tornou a moda nas costas da Austrália e Califórnia.

Foi igualmente Tom Blake surfista que ao observar as quilhas dos barcos á vela se lembrou de em 1935 acrescentar um “estabilizador” na parte inferior da prancha o que permitia maior estabilidade direccional e evitar a sua tendência para rodar para os lados.
Apesar de ser rudimentar comparado com as quilhas usadas actualmente esta inovadora invenção foi utilizada na sua forma primitiva nos finais dos anos 60.

Surfistas como Wally Froiseth e Pete Petersen surfaram com estreitas pranchas”hot curl” experimentando as formas de virar na face da onda. Estas pranchas ainda não usavam a quilha inventada por Tom Blake.

Seguidamente apareceram pranchas mais pequenas feitas de balsa e designer como Bob Simmons e Joe Quigg.


Surge igualmente uma nova geração de surfistas como o Phil Edwards e Mickey Dora que lidera o estilo “hot dog” de surfar no inicio dos anos 50.

Fruto do desenvolvimento dos materiais de construção impulsionada pela 2ª guerra mundial surgiu a fibra de vidro tendo sido Bob Simmons o primeiro surfista a cobrir uma prancha com esta fibra, primeiro sobre a balsa e depois sobre contraplacado.

A prancha de surf continuou a evoluir. Bob Mc Tavish,George Greenough e Nat Young encurtam ainda mais as pranchas introduzem V-bottoms e quando Nat Young ganha o campeonato do mundo em San Diego toda uma nova era se iniciou.

A grande evolução na redução do peso e tamanho das pranchas surgiu com o poliuretano que após diversas tentativas conseguiu ganhar uma consistência apropriada para a fabricação de pranchas de Surf através das experiências de
Gordon Clark e Hobie Alter durante os anos 50 mais precisamente em 1957.

As pranchas tornam-se cada vez pequenas e leves, os rails mais refinados, os surfistas experimentam swallows tails, canais, stringer, flurs, twin fins e tri fins.

O estilo de surfar evolui também. Da antiga posição estática o surf evolui para as trajectórias curvas e nose riding.

No final dos anos 60 um surfista da Califórnia, George greenough desenhou uma quilha revolucionária semelhante ás barbatanas de um peixe de alta velocidade, finas, curvas e mais espessa á frente do que atrás.

Desta evolução surge igualmente a Thruster (3 quilhas) cujo objectivo era combinar a estabilidade de uma single fin com a capacidade de manobra de uma twin fin.

Igualmente por esta altura no Hawai os residentes começavam a experimentar pranchas com forma bastante semelhantes ás actuais “guns”,pontiagudas e pouco largas.

Depois surgiu o método “power” Austrália Hawaianos Jack Sutherland e Gerry Lopez e mais tarde o Sul Africano Shaun Thompson mudam a ênfase para o “tube ridding”

Tudo isto é refinado e desenvolvido por surfistas como Jeff Hackman, Terry Fitzgerald, Ian Cairns e Pete Townend.
Mais recentemente surgem as manobras mais radicais dos surfistas como Mark Richards, Tom Carrol, Tom Curran, Kelly Slater, etc…

juice

Número de Mensagens: 30
Idade: 37
Localização: leiria
Data de inscrição: 05/01/2008

Ver perfil do usuário http://www.valsumo.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum